Freud e o sonhar acordado.





Freud parte da tese de que a pessoa feliz não fantasia, pois as fantasias são desejos insatisfeitos. Também os sonhos noturnos, seriam realizações de desejos reprimidos, que só se expressam de forma distorcida - é o que Freud chama de distorção onírica. Segundo Freud, o escritor criativo, e o "sonhador à plena luz do dia", fazem a mesma coisa que a criança quando brinca reorganiza o mundo de um modo que lhe agrade ou castigue usando para isso a matéria - prima, que são as fantasias. Portanto, sonhar acordado, transpor para o papel aquilo que considera certo é simplesmente o exercício pleno de sua criatividade.


Sigismund Schlomo Freud nasceu em 06/05/1856, na então cidade austrohúngara de Freiberg, Moravia (atualmente Pribor, Checoslovaquia). Ele inventou a teoria e a prática da psicanálise, termo criado em 1896. Freud morreu em setembro de 1939. Seu legado teve grande influência na cultura do século XX.

Sou praticante do "sonhar acordado" há um bom par de anos e adoro. Acho mesmo que um dia me retiro em definitivo para dentro de algum sonho perfeito e fico por lá até ficar bem velhinha e sair da vida para virar rima.


imag: mena barreto
Leia: http://www.dreamsonweb.net/pt/dreamsjournal/200101/o_sonho_para_sigmund_freud_14.html

0 comentários: