Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Sobre estar sozinho no Dia dos Namorados

Sobre estar sozinho no Dia dos Namorados.

Flávio Gikovate*

Não é apenas o avanço tecnológico que marcou o início deste milênio. As relações afetivas também estão passando por profundas transformações e revolucionando o conceito de amor.

O que se busca, hoje, é uma relação compatível com os tempos modernos, na qual exista individualidade, respeito, alegria e prazer de estar junto, e não mais uma relação de dependência, em que um responsabiliza o outro pelo seu bem-estar.

A ideia de uma pessoa ser o remédio para nossa felicidade, que nasceu com o romantismo, está fadada a desaparecer neste início de século. O amor romântico parte da premissa de que somos uma fração e precisamos encontrar nossa outra metade para nos sentirmos completos. Muitas vezes ocorre até um processo de despersonalização que, historicamente, tem atingido mais a mulher. Ela abandona suas características, para se amalgamar ao projeto masculino. A teoria da ligação entre opostos também vem dessa raiz: o outro tem de saber …

Últimas postagens

Serguei...ciao

Pergunta...

Zezé, a feia em sua beleza

Em algum lugar do passado? de novo, Andréa???

2019 - Feliz Dia Das Mulheres!

A forma da água ou todas as possibilidades do amor

Feliz Ano Novo - Apenas VIVA!

O dia depois de amanhã...Feliz Ano Novo.

Para sempre Clarice Lispector...

Moby Dick