Felicidade é simples.



Felicidade é ver um pedacinho da família, numa quinta-feira em pleno verão carioca. É conhecer a descendência linda de primas e primos, ver a história que continua, beber uma cerva gelada e rir,rir muito, muito, de perde o fôlego. Falar tanto até perder a voz, contar causos, relembrar pessoas... queridos distantes e aqueles que já se foram Felicidade é abraçar apertado, num tipo de abraço que contém tantas pessoas, um aconchego, um carinho, se sentir pertencida...
Felicidade é simples, é voltar pra casa de mãos dadas com um grande amor, cabeça no ombro, noite estrelada e quente e um sorriso de gratidão pela vida. Essa tal de vida... Ô trem bão, sô!






0 comentários: