faxinando o blog...

/

Voltando após um longo e tenebroso inverno ou melhor, um longo e chuvoso verão que particularmente acho ótimo, dá pra dormir sem sufocar.
O Carnaval passsou, o ano começou e daqui a pouco teremos o Oscar.
Eu confesso que estou torcendo até sair sangue para Marion Cotillard, a divina atriz que interpretou Piaf.
Ela era a própria Piaf. Comovente!
Vi "Desejo e Reparação" e achei bom , mas é o tipo de filme que faz diferença na telona. O resto vou assistir paulatinamente até o dia da cerimônia.

/

Enquanto isso, o G1, dá notícia do falecimento do ator Roy Scheider. Lembram? Quem viu Tubarão vai lembrar dele e Richard Dreyfuss caçando a fera em alto mar. Provavelmente será lembrado por esse papel, apesar de feito coisa bem melhor.
/
/

Faxina, Carnaval e um falecimento, disso tudo eu queria mesmo era falar do filme "Across the Universe". Esse banho de luz e música que faz qualquer um sair do cinema com uma vontade louca de assistir a um show daqueles que como fã alucinada você sabe todas as músicas de cor e canta junto a plenos pulmões...uff quase perdi o fôlego, rs. Mas é assim e nem precisa ser fã dos Beatles, basta gostar de música, achar que estar apaixonado é a melhor coisa do mundo e gostar de uma bela estória de amor.
Eu confesso que me interessei pelo filme só por causa do título. Amo essa música apesar de não ser uma fã clássica dos Beatles, alias acho que agora sou uma fã clássica porque não tem como sair impunemente do cinema, o som vai junto, as melodias e as vozes que as interpretam, que são qualquer coisa de maravilhosas. É de arrepiar os pêlos do nariz!
Coroando isso tudo "Across the Universe" e o que dizer? Universal literalmente. Não importa, onde quer que você esteja: Nothing is gonna change.
/
/




Across the Universe

Words are flowing out like endless rain into a paper cup,
They slither while they pass, they slip away across theuniverse
Pools of sorrow, waves of joy are drifting through my openmind,
Possessing and caressing me.

Jai guru de va om
Nothing's gonna change my world,
Nothing's gonna change my world.

Images of broken light which dance before me like a millioneyes,
That call me on and on across the universe,
Thoughts meander like a restless wind inside a letter box they
Tumble blindly as they make their way
Across the universe

Jai guru de va om
Nothing's gonna change my world,
Nothing's gonna change my world.

Sounds of laughter shades of earth are ringing
Through my open views inviting and inciting me
Limitless undying love which shines around me like a
Million suns, it calls me on and on
Across the universe

Jai guru de va om
Nothing's gonna change my world,
Nothing's gonna change my world.

0 comentários: