Imagine,
John...
/
/
Hoje, dia do aniversário de John Lennon, resolvi colocar um artigo da astróloga Vanessa Chrystina R. Tuleski falando sobre o mapa astral dele. Eu acho interessante conhecer pessoas atravês de seus mapas, embora muita gente não acredite. Um bom mapa astral desnuda a essência de uma pessoa fácil, fácil. 
/
John Lennon nasceu no dia 9 de outubro de 1940, em Liverpool. O horário de nascimento é incerto. Há fontes que afirmam que o nascimento se deu às 7h00 e outros defendem que ocorreu às 18h30. Lennon foi morto em 8 de dezembro de 1980. Na sua breve vida, fez uma parceria criativa com Paul McCartney no conjunto musical mais famoso do século, The Beatles. Um conjunto que não só mudou a maneira de fazer música como a maneira de se comportar, de se vestir e se pensar. Mais tarde, o conjunto se dissolveu e após discos históricos, cada um de seus quatro membros seguiu seu próprio caminho. O que o mapa astral de nascimento de Lennon teria a revelar a respeito do autor de 'Imagine'?
/
Para tentar definir qual dos dois horários de nascimento estaria mais correto é preciso conhecer os traços de caráter de John Lennon. Sabe-se que tinha um grande senso de humor e era uma pessoa capaz de sair do comum. Casou-se com Yoko Ono, uma artista plástica de origem oriental, e a união de Lennon com ela foi um 'choque' maior do que o casamento de Paul McCartney com Linda. Com base nisso, acreditamos que o horário das 18h30 está mais correto, visto que às 7h00 a Lua estaria em Capricórnio e às 18h30, em Aquário. Sendo que a Lua descreve o tipo de mulher que se procura, Yoko era totalmente 'diferente' de qualquer padrão, o que nos remete a uma Lua aquariana.

O horário das 18h30 colocaria o Ascendente em Áries, mas com três planetas em Touro: Júpiter, Saturno e Urano. A imagem pessoal de Lennon parece corresponder bem a um jeito provocador (Áries no Ascendente), misturado com um calmo (Touro) toque de irreverência (Urano), humor (Júpiter) e também reserva (Saturno). Aqui ele jogava com três elementos: um lado dele parecia não ligar para o que pensavam dele (Urano), um certa timidez ou reserva (Saturno) e escracho (Júpiter).

O regente deste mapa seria Marte, colocado em Libra na casa seis e conjunto a Netuno. Isto daria um perfil de uma pessoa muito voltada para o trabalho, e que que poderia ter um trabalho de natureza artística (Marte em Libra) e criativa (Marte/Netuno). Aqui chama a atenção algo: a música mais famosa de Lennon se chama 'Imagine', sendo que Netuno, que está conjunto ao regente do Ascendente, simboliza justamente a imaginação! Outro fato interessante é que a música conclama a ser menos cético, e Lennon pertenceu à geração de Netuno em Virgem (1929-1943), em uma época em que se viveu um grande ceticismo e falta de esperança (a quebra da bolsa em Nova Iorque e a Segunda Guerra Mundial).

Lennon tinha o Sol e Marte em Libra. Sendo Marte um planeta de natureza bélica e Libra o signo da paz, não é à toa que Lennon conclamava as pessoas a paz. É bom observar que Libra foi enfatizado durante a década de 70, quando Plutão e Urano estiveram neste signo, e Lennon foi uma espécie de porta-voz contra a Guerra Fria.

Chama a atenção o fato de Lennon ter atravessado por várias conjunções de Plutão e Urano sobre seus planetas natais. Lennon viveu intensa transformação e ebulição nos anos 60 e 70. Plutão passou por seu Vênus, Netuno, Marte e Sol. E Urano fez a mesma trajetória, tendo alcançado, também Mercúrio. Pode-se dizer que Lennon não pôde 'descansar' durante estes trânsitos todos e esteve sempre muito exigido a mudar (Urano) e transformar (Plutão) em seus curtos quarenta anos de vida.

Sempre que se analisa um mapa, é importante ver como uma pessoa capta seus pais. Segundo a biografia de Lennon, o pai estava sempre viajando e a mãe era mais uma amiga do que uma 'mãe' no sentido da palavra, o que mais uma vez confirma que Lennon tem realmente a Lua em Aquário. Pois se a Lua estivesse em Capricórnio (conforme o horário das 7h00), a mãe seria vista como conservadora e tradicional.

O pai de Lennon poderia ser representado pelo Sol na no final da sexta casa, do trabalho: Lennon via pouco o pai porque ele estava sempre trabalhando, e o próprio Lennon foi um trabalhador incansável. O Sol faz pouquíssimos aspectos. Faz um quincunce com Saturno/Júpiter em Touro. Aspectos dissonantes entre Sol e Saturno, dois símbolos paternos, parecem confirmar ou que um pai usou de muita autoridade e repressão ou que estava sempre ausente. O caso de Lennon parece ser o segundo. No caso, é significativo que Saturno esteja em conjunção com Júpiter. O pai de Lennon era marinheiro e estava sempre longe, sendo que Júpiter rege o estrangeiro. Saturno na casa um é um indício de que Lennon pode ter tido de se estruturar pela 'falta de pai'.

A mãe de Lennon está simbolizada pela Lua em Aquário. É vista por ele como diferente, extravagante e independente. Mais tarde, John Lennon encontrou estas mesmas características em Yoko Ono. A Lua faz trígono com Marte, de modo que a mãe era uma pessoa ativa e cheia de energia. Mas faz quadratura com Mercúrio: é possível que Lennon não tivesse uma boa comunicação com a mãe. Mais tarde, ele teria certa dificuldade em comunicar seus sentimentos. Mercúrio se opõe a Júpiter e Saturno, de modo que algumas vezes ele podia 'falar demais' (Júpiter) quando não precisava, e 'falar de menos' quando era necessário (Saturno). Ele podia alternar momentos de intensa facilidade de expressão com outros em que não confiava nas suas idéias ou as examinava exaustivamente. Aliás, o padrão ousadia/insegurança fazia parte da própria natureza de Lennon.

Para completar, Saturno/Júpiter fazem quadratura com Plutão, que está oposto a Lua, e também em quadratura com Mercúrio. Temos aqui uma Grande Cruz em signos fixos. Lennon foi portador de uma grande tenacidade, típica dos signos fixos, mas também tinha um lado com extrema dificuldade às mudanças nele mesmo. Pode-se dizer que a forma como morreu, sendo assassinado por um fã obcecado (idéia fixa), parece corresponder a este padrão tenaz de seu mapa, como se tivesse captado por outra pessoa.

Com a Lua em Aquário, Lennon precisava de liberdade. Podia ser emocionalmente obsessivo (Lua/Plutão), exigente (Lua/Saturno) e ter algumas dificuldades na comunicação (Lua/Mercúrio). Tudo isto era levado para o trabalho em grupo, já que a Lua está na casa onze. Foi John Lennon quem rompeu primeiro com o grupo ou quem rompeu definitivamente. Talvez sua Lua na casa onze tivesse um campo maior de manifestação no âmbito coletivo do que no âmbito de um pequeno grupo.

A Lua aquariana em quadratura com Júpiter/Saturno e oposta a Plutão em Leão também indicam que John tinha verdadeira ojeriza a dominação, sobretudo a dominação oficial (Saturno) e que limitasse a expressão (Mercúrio, o que se diz). Entretanto, internamente, ele mesmo tinhas seus limites e inibições e escolheu uma mulher que pareceu personificar maravilhosamente bem isto para o mundo. Yoko Ono era vista como uma mulher estranha (Lua em Aquário) e com forte influência sobre Lennon (Lua oposta a Plutão). As pessoas julgavam que a influência de Yoko sobre John Lennon era a de 'mantê-lo' atado (Saturno) ao mesmo tempo em que, juntos, os dois eram uma parceria 'excessiva' (Júpiter). O que as pessoas não viam é que Lennon atraíra uma mulher que simbolizava seu próprio universo interior, de modo que se Yoko era dominadora, Lennon também tinha isto dentro de si. Com Júpiter/Saturno em Touro ele podia defender uma idéia com grande teimosia, rigidez e fervor, embora para ele fosse fundamental a liberdade (Lua, o que necessitamos, em Aquário, signo da liberdade e da diferença) tanto quanto era respirar.

O fato de Lennon ter influenciado fortemente a cultura de seu tempo também é devido a esta Grande Cruz. Lennon tinha uma mente penetrante com Mercúrio em Escorpião. Capaz de enxergar tudo o que estivesse oculto, já que Mercúrio está em quadratura com Plutão, planeta da profundidade. Paralelamente, ele tinha via as autoridades e toda a forma de poder organizado (Saturno, o governo, a lei) como algo capaz de dominar e subtrair a vontade (Saturno em quadratura com Plutão). É bom lembrar que Lennon nasceu poucos anos antes de eclodir a Segunda Guerra Mundial, e que governos autoritários proliferavam nesta época, tendo sido Lennon um grande porta-voz dos perigos disto.

E a morte de Lennon? Alguma coisa em seu mapa podia indicar um assassinato? Em retrospecto é fácil analisar as coisas, mas não o é quando algo nem aconteceu, sendo que com o assunto morte é preciso ser sempre muito cuidadoso, visto que este tipo de informação sempre impressiona muito. Plutão rege a casa oito de Lennon. Júpiter faz quadratura com Plutão e também quadratura com a Lua: Lennon morreu pelas mãos de um fanático (Júpiter/Plutão), emocionalmente desequilibrado (Lua) e capaz de destruir o objeto de sua adoração (Plutão, onde somos capazes de regenerar ou destruir, na casa cinco, do amor). Além disso, Lennon morreu na rua, em frente ao seu prédio: Plutão faz quadratura com Mercúrio, planeta da rua, e que rege a casa três de Lennon (vizinhança). Isto sem contar que a Lua, que recebe uma oposição de Plutão, rege a quarta casa (a casa da pessoa). Podemos dizer que a morte de Lennon mobilizou toda uma coletividade (Lua em Aquário na casa onze), tomou enormes (Júpiter) proporções e até hoje tem um impacto profundo (Plutão) sobre as pessoas.

Um outro fato importante: por que o casamento de Lennon foi tão significativo para ele? Lennon tem o Sol na casa sete. Ao se casar com Yoko, Lennon 'encontro a si mesmo' (Sol na casa sete). Para quem tem o Sol na casa sete, um casamento ou parceria é de extrema importância. Na época em que conheceu Yoko, em 1968, Netuno se opunha a Urano, regente da casa onze de Lennon, a dos grupos, ou seja, seu grupo já estava se 'dissolvendo' de algum modo quando Lennon conheceu Yoko, desmentindo a teoria de que sem o surgimento dela os Beatles teriam continuado juntos (aliás, antes de se opôr a Urano, Netuno se opôs a Saturno, regente da casa dez de Lennon, sinalizando que ele não via mais sentido naquele caminho). Porém, Urano estava sobre o Marte de Lennon: de certa maneira, casar-se com Yoko foi encarado como um gesto (Marte) de rebeldia (Urano).

Há muito a se explorar no mapa de John Lennon, tanto pelo mapa em si como por sua biografia. John Lennon deixou uma herança e ainda é 'vivo' de algum modo, nas belas canções inspiradoras que ficaram e na sua ativa atuação enquanto esteve no mundo.
/

0 comentários: