Não, não fui abduzida, não, rss
Ando ocupada com isso aqui (porque futilidade desopila o fígado), o trabalho, a falta de tempo, mas volto em breve para um post especial no Dia Internacional da Mulher. Espere e confie ;)

Enquanto isso, leio uma notícia triste na net. Engraçado vi esse cara outro dia na TV e ele era e é a positividade em pessoa, cheio de planos, casado a séculos, se dedicando a pilotar seu avião com a mulher e outros projetos. C´est la vie, mas fica a lembrança de um filminho que embalou uma geração. Longe de ser uma obra prima, pelo contrário de tem cara de sessão da tarde, de tesão adolescente, essas coisas que dão saudade, o filme marcou época. Tanto foi assim que passou a ter suas coreografias imitadas por meio mundo em festas, comemorações e afins. Virou cult.
Depois o cara ainda me faz isso aqui no auge da boa forma e cai de vez nas graças das meninas que sonhavam e ainda sonham com um amor para além da vida. Engraçado, pensando agora, lembro de vários filmes que vieram depois tentando recriar aquele clima almas-gêmeas-além-da-eternidade e não passaram nem perto do que foi esse filme.
Tomará que ele saia dessa...

1 comentários:

    Eu vi a notícia na tv, Angel. Mesmo que eu não seja fã do cara, é um pouco triste saber dessas coisas. Notícia chata, chatíssima.

    Então agora você tem um blog sobre beleza, hein? Na verdade, dois... Literatus é outro tipo de beleza, afinal de contas. E nada mais apropriado, claro. Boa sorte com o novo projeto bloguístico! :-)

    Da minha parte, conto que tem conto novo no blog. Na verdade, dois. Um da semana passada, que me parece abrir zilhões de possibilidades. Quase um feto, aquele conto. O novo é sobre amizade, saudade, essas coisas. Bom, confira quando tiver tempo.

    Beijão pra tiii! :-)