Pais e Filhos no cinema
/
/
Hoje, eu pretendia escrever sobre Henry Fonda. Não tinha pensado em nada para o Dia dos Pais, mas ao começar a escrever sobre ele e lembrar a difícil relação com a filha, Jane Fonda, e a chance do resgate no belíssimo filme “Num lago dourado”, achei que seria mais interessante falar de filmes que abordam o tema pai e filhos nesse dia tão especial.
Não seria possível citar todos os filmes com essa temática, mas alguns marcaram de maneira especial.
/
/

Começo com “Big Fish”, um filme lindo que trata do drama da incomunicabilidade entre um pai e um filho. Um pai contador de histórias e um filho descrente, que já não aguenta ouvir as mesmas histórias de sempre. Final magnífico, uma das mortes mais belas do cinema recente, mistura de fantasia e redenção.
/
/
“As invasões bárbaras” - A trama gira em torno de Rémy (Rémy Girard), um professor de história que descobre estar com câncer. Após ser internado, sua ex-mulher liga para o filho para pedir que este venha visitá-lo em Montreal, Canadá. Mesmo sem vontade, o filho, Sébastien (Stéphane Rousseau), atende ao pedido da mãe e vai visitar o pai. O problema é que o jovem representa tudo aquilo que o pai mais repudia: “ele é um capitalista puritano e eu sou um comunista voluptuoso” afirma Rémy em determinada parte do longa. Mesmo com ideologias opostas vemos que ao passar do tempo o sentimento de pai e filho vai predominando, e Sébastien passa a fazer de tudo para ajudar seu pai.


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

/

"A Vida é Bela" esse é velho conhecido.
Na Itália dos anos 40, Guido (Roberto Benigni) é levado para um campo de concentração nazista e tem que usar sua imaginação para fazer seu pequeno filho acreditar que estão participando de uma grande brincadeira, com o intuito de protegê-lo do terror e da violência que os cercam.

/

“O Quarto do Filho” conta a história da dor que atinge uma família de classe média italiana, constituida por os quatro membros inicialmente.
Um dia, durante um fim-de-semana, Giovanni combina com Andrea irem fazer jogging durante o dia de modo a passarem algum tempo juntos, mas um inesperado telefonema de um paciente do psicanalista altera o plano dos dois. Giovanni mete a profissão à frente da família por uma questão de horas, e desloca-se então até à casa do cliente de modo a "socorrer" o problema deste. Andrea, que entretanto aproveitou a mudança de planos para ir fazer mergulho com os amigos, acaba depois por falecer no fundo do mar devido a uma embolia. A partir desse momento uma dor intensa atinge aquela família, e ela acaba por consumir silenciosamente auqelas pessoas, uma por uma ...

/

“Hamlet”- Clássico que mostra como um filho pode se utilizar de todos os recursos para vingar o assassinato do pai. Finge-se de louco, leva à insanidade a bela Ofélia, mata o irmão dela e, finalmente, mata o tio que assassinou o irmão rei para assumir o trono.



Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

/

"Ladrões de biclicleta" é mais um clássico sobre pais e filhos, sobre o amor dos pais, e essa relação que se estabelece entre o pai e sua prole. A história se passa logo após a Segunda Grande Guerra, com a Itália destruída e o povo passando necessidade. Ricci (Lamberto Maggiorani) consegue um emprego após muita espera. Só que esse emprego, de colador cartazes na rua, lhe pedia como obrigação uma bicicleta. Ricci e sua mulher Maria (Lianella Carell) conseguem um dinheiro para uma, possibilitando que ele realize o seu trabalho, aquela bicileta representa a possibilidade de comida na mesa, de recuperação da dignidade do pai. O menino Bruno (Enzo Staiola), filho do casal, acompanha todos os passos. Logo no primeiro dia de trabalho, a bicicleta é roubada. Pai e filho mergulham pelas ruas da cidade, à procura da bicicleta.



Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
/

/

Esses são só alguns e se você quiser acrescentar outros, disponha. ;)
Feliz Dia dos Pais!

0 comentários: